HISTÓRIA MAGISTRA VITAE EST. Se a história é mestra da vida os santos são os mestres da história. Por isso, a nobreza da história da Igreja católica está nos seus santos. Logo, como todos os universitários e pesquisadores em sua área de trabalho, queremos conhecer e aprender com as pessoas que deram certo na vida eclesiástica.

Não seria estranho um estudante de engenharia que privilegiasse os engenheiros fracassados e medíocres? Como cristãos, não queremos fazer isso no âmbito da nossa fé.  Na Igreja, as pessoas que deram certo foram os santos e, porque seguramente eles têm muito a nos ensinar, com este blog, queremos conhecê-los melhor. Como eles são muitos, iniciaremos com um grupo específico conhecido como Padres (Pais) da Igreja. Mas, quem são eles?

Um cristão é reconhecido como Padre da Igreja devido sua vida, seus escritos e sua sabedoria. A sua vida deve ser exemplar, reconhecida como santa, e localizar-se até o século VIII. Os seus escritos devem ser de grande relevância e de acordo com o Magistério da Igreja. Assim sendo, existem vários santos e sacerdotes que não são considerados Padres da Igreja. Alguém poderia questionar: por que meditaremos sobre estes cristão que viveram há tantos séculos?

Além de valorizar nossos irmãos mais velhos que deram certo na vivência da fé, os motivos principais são sua proximidade cronológica de Jesus e sua comprovada sabedoria e relevância para nossa vida. Com isso, queremos caminhar durante este ano com este seguro alimento sólido, partilhado e rezado entre amigos.

Concretamente, propomo-nos a meditar e postar neste blog nossa meditação pessoal e semanal sobre um Padre da Igreja. Porém, não queremos fazer isso sozinhos. Com o auxílio das biografias que citaremos, pedimos sua contribuição com leituras semanais e comentários sobre o autor pesquisado. Assim, nossa reflexão será mais produtiva e em pouco tempo você será formado no pensamento destes grandes baluartes da nossa fé. Na escola dos grandes da história, cresceremos juntos. Aceita o convite? Então, ótima leitura, reflexão e postagem.

 

Padre Marcelo Alves dos Reis, SCJ

Diácono Daniel Antônio de Carvalho Ribeiro, SCJ

Diácono Júlio César Ferreira, SCJ

Diácono Nelber Rodrigues, SCJ

Frater Claudemir Marcel de Faria, SCJ

Frater Lucas Luís Matheus de Mello, SCJ