Inicial

A NOSSA FÉ CATÓLICA (v. 2) – Por Pe. Daniel Ribeiro, scj.

Deixe um comentário

Olá, queridos amigos. Que a Paz de Deus esteja com vocês.

Estou feliz em escrever novamente para o nosso blog. O assunto deste texto continua a ser nossa fé em Jesus Cristo que recebemos da Igreja. Neste texto eu gostaria de refletir sobre como a fé deve afetar toda a nossa vida. Este ano está quase acabamento e nós não podemos dizer sempre as mesmas coisas sobre a nossa vida. Ela pode crescer. Para ajudar nossa reflexão, em 26 de Setembro, em sua missa diária, o Papa Francisco explicou sobre três formas diferentes para viver a fé e conhecer nosso Deus.

Primeiro é possível conhecer a Deus com a mente. É muito comum ouvirmos que o Concílio Vaticano II ainda não é conhecido. Mas raramente alguém diz que nós não conhecemos o Catecismo da Igreja Católica. Eu acho que se os católicos conhecerem bem a Igreja e sua história nós teremos muito respeito e admiração. Ler e estudar é muito importante, mas é apenas o primeiro passo. É assim porque quando estudamos podemos saber coisas sobre Jesus, mas não é suficiente. Depois é preciso conhecer Jesus.

Ninguém pode conhecer Jesus sem se envolver com Ele. Se você não conversa com Ele, você não O conhece. Você pode ter conhecimento sobre Jesus, mas sem amizade, é impossível ser Seu amigo. Então a oração não é teoria ou repetição de fórmulas prontas. Eu penso que rezar é um encontro e um diálogo íntimo com alguém que amamos. Quando nós amamos não são suficientes apenas fotos e cartões. Então sem oração, Deus pode ser admirado, mas não amado.

Entretanto o Papa Francisco explicou que a fé do coração é também apenas um passo importante, mas podemos ir mais longe. A fé precisa descer da mente para o coração e depois precisa chegar nas mãos. Em outras palavras, nós precisamos conhecer a linguagem da ação. É necessário andar com Jesus em nossa jornada diária. Então eu devo sempre pensar que se Ele estivesse em meu caminho Ele também faria isso.

Eu gostaria de ajudá-los a pensar em como é bonita a fé que recebemos da Igreja. Então não podemos esquecer que a fé não é uma fórmula, mas um comportamento de alguém que ama e gosta de fazer tudo o que seu amado faria e acredita. Entretanto, Jesus é simples, mas Ele quer sinais concretos de amor. Tenham uma boa semana.

Deus os abençoe.

 

Pe. Daniel

 

 

 

Segue o texto em sua versão original:

 

Hello, dear friends. May the peace of God be with you.

I’m happy to write again to our blog. The subject of this text continues to be our faith in Jesus Christ that we received from the Church. In this text I would like to meditate about how the faith has to affect all our life. This year is almost finishing and we can´t tell always the same things about our lives. It can grow. To help our reflection, in September 26th, in his daily Mass, Pope Francis explained about three different ways of living the faith and knowing our God.

First it is possible to know God with the mind. It is very common we listen that Vatican Council II still isn´t known. But rarely someone say that we don´t know the Catechism of the Catholic Church. I think that if the catholic know well the Church and its history we will have much respect and admiration. To read and to study is very important, but it is only the first step. It is like this because when we study we can know things about Jesus, but it isn´t enough. After is needed to know Jesus.

No one can know Jesus without getting oneself involved with Him. If you don´t talk to Him, you don’t know Him. You can have knowledge about Jesus, but without friendship, it is impossible to be His friend. So, the prayer isn’t theory or repetition of ready formulas. I think to pray is a meeting and intimate dialogue with somebody that we love. When we love it isn´t enough only pictures and cards. So, without prayer God can be admired, but not loved.

However Pope Francis explained the faith of heart is also only another important step, but we can go further. The faith needs to go down from the head to the heart and after must arrive in the hands. In other words, we need to know the language of action. It is necessary to walk with Jesus along our daily journey. So, I always should think if He was in my path He would also do it.

I would like to help you to think how it is beautiful the faith that receive from the Church. So, we can´t forget that the faith isn´t a formula, but a behavior of someone that loves and likes to do all that his loved one would do and believe. However, Jesus is simple, but He wants concrete signs of love. Have a nice week.

God bless you.

 

Fr. Daniel

NOSSA FÉ CATÓLICA – Por Pe. Daniel Ribeiro, scj.

6 Comentários

Queridos amigos, bem-vindos novamente ao blog CommunioSCJ.

Agora as boas-vindas não são apenas para você, mas para mim também. Depois de muitos meses sem escrever para o nosso blog, eu volto e gostaria de usar este lugar para refletir sobre a nossa fé católica. Aqueles que vêm acompanhando os textos do blog sabem que o assunto é a fé que recebemos dos apóstolos. Então eu quero escrever sobre isso e rapidamente em poucas linhas sobre minha experiência aqui. Como estou escrevendo em inglês e meu vocabulário é pequeno, você terá que ter paciência comigo. É possível que meu texto seja simples, mas no futuro nós vamos nos lembrar que meus primeiros textos em inglês foram para o CommunioSCJ.

A oração comum em toda missa dominical, conhecida como “Credo”, pode ser dividida em doze partes. Com esta oração nós temos os assuntos mais importantes da nossa fé. Agora gostaria de propor um desafio a você. Posso? Utilize um tempo livre e escreva o “Credo” em um papel. Depois, tente dividi-lo em doze partes. Então veja se você entendeu e se você acredita em tudo o que escreveu. Este pode ser um exercício simples, mas em um mundo e uma época de pessoas preguiçosas, será um exercício difícil para nós. Se você tem alguma dúvida, por favor, leia o Catecismo da Igreja Católica e os últimos textos deste blog.

Agora eu gostaria de explicar sobre a Igreja aqui em Milwaukee (EUA). Eu moro em uma casa com padres de muitos países do mundo. É muito rico. Eu posso ouvir sobre como a Igreja está crescendo em alguns países na África, como é difícil anunciar o Evangelho em países ricos e materialistas. Eu tenho pensado muito sobre como nossos irmãos em países comunistas vivem e sobre as dificuldades e qualidades da Igreja aqui. Entretanto eu gostaria de meditar mais diretamente sobre nosso assunto principal: nossa fé.

Nós podemos mudar de país, culturas e ideias, mas nossa fome será sempre a mesma. Todos têm fome de sentido na vida. A busca pela felicidade sempre acompanhou o ser humano. A cada dia mais eu acredito que você não pode viver sozinho, mas apenas em Deus nós temos alimento sólido para nossa fome. Como a melhor forma de encontrar a Deus é a santidade, não há um estilo de vida melhor que a santidade, mas a santidade da verdade. Leia e reflita sobre esta frase: “Quando os convido a ser santos peço que não se conformem em ser de segunda linha. Não se conformem em ser medíocres” (Papa Bento XVI). Porém o que significa ser santo?

Eu penso e acredito que ser santo é ser como Jesus era. Em outras palavras, uma pessoa santa tem caráter e competência em sua missão. Caráter é ser verdadeiro. Entretanto é importante não prejudicar os outros e não se envolver em coisas erradas e injustiças. Ter competência é colocar a serviço os dons recebidos de Deus. Ninguém nasceu para ser um número, mas sim para ajudar outras pessoas a serem melhores.

Eu espero que sejamos pessoas de caráter e competência em nossas missões e eu desejo que este texto o ajude a refletir e trazer sua vida mais perto de Jesus.

Abraços e minhas orações por vocês. Até breve.

Pe. Daniel Ribeiro, scj

 

 

_________________

Abaixo eu envio o texto original em inglês.

 

OUR CATHOLIC FAITH

Dear friends, welcome again to blog CommunioSCJ.

Now the welcome is not only for you, but for me too. After many months without writing to our blog, I come back and I would like to use this place to think about our catholic faith. Those who have been following the texts of the blog know that the subject is the faith that we received from the apostles. So, I want to write about this and quickly in few lines about my experience here. Since I´m writing in English and my vocabulary is small, you need to have patience with me. It is possible that my text is very simple, but in the future we will remember that my first texts in English were to CommunioSCJ.

The usual prayer of every Sunday´s Mass, known as “Creed” or “Credo”, can be divided in twelve parts. With this prayer we have the most important subjects of our faith. Now I would like to propose a challenge for you. Can I? Take some free time and write the “Creed” on a paper. After, try to divide it in twelve parts. Then look if you understand and if you believe in everything that you wrote. It can be a simple exercise, but in a world and time of lazy people it will be a difficult exercise for us. If you have some question, please read the Catechism of the Catholic Church and the last texts of this blog.

Now I would like to explain about the Church here in Milwaukee (USA). I live in a house with priest from many countries of the world. It´s very rich. I can hear how the Church is growing in some countries in Africa, how it is difficult to spread the gospel in rich and materialistic countries. I have been thinking a lot about how our brothers in communist countries live and about the difficulties and qualities of the Church here. However I would like to meditate more directly about our main subject: our faith.

We can change country, culture and ideas, but our hunger will always be the same. Everybody is hungry for meaning in life. The search for happiness has always followed the human being. Each day more I believe that you can´t live alone, but only in God we have substantial food to our hunger. Since the best way to meet God is the holiness, there isn’t a better lifestyle than holiness, but the holiness of the truth. Read and think about this phrase: “when I invite you to be saints I ask you not to conform in being a second line one. Don´t be conformed in being mediocre” (Pope Benedict XVI). However, what does it mean to be saint?

I think and believe that to be saint is to be like Jesus was. In other words, a saint person has character and competence in his mission. Character is to be true. Therefore it is important not to harm others and not take part on wrong things and injustices. To have competence is put at service the gifts received from God. Nobody was born to be a number, but to help other people to be better.

I hope that we are people of character and competence in our missions and I wish that this text helps you to think and to bring your life closer to Jesus.

Hugs and my prayers for you. See you soon.

 

Fr. Daniel Ribeiro, scj