Vivat Cor Iesu,

Per Cor Mariae!

 

Caros amigos, bem vindos, mais uma vez, ao CommunioSCJ! Dando continuidade ao nosso projeto, a sequência das catequeses do Santo Padre Bento XVI nos levam hoje ao encontro de S. Paulino de Nola [1]. Ele foi pai, monge, bispo e amigo de Santo Agostinho.

A catequese de Bento XVI apresenta a figura de S. Paulino de Nola como alicerçada em três colunas: a ascese, a Palavra de Deus e a caridade. Essas três colunas podem ser as colunas de um bom projeto de vida. Neste sentido, mesmo com o mês de janeiro já adiantado, creio, que este é o momento propício para construir um projeto de vida para o ano de 2012.

Ter um projeto de vida é importante para quem quer objetivamente crescer como cristão. Não basta boa vontade, é preciso método. E, com objetivos claros, é mais fácil definir qual caminho (método) utilizar para atingi-los. Por isso, estabelecer metas é fundamental. Para isso, mesmo que você não tenha a oportunidade de fazer um bom retiro para projetar seu ano, é possível fazer um bom projeto em seu momento cotidiano de oração pessoal.

O santo bispo de Nola pode, neste caminho, conforme a catequese papal, ser um auxílio valioso. Começando pela ascese, que é fundamental. A ascese está para o homem espiritual da mesma forma que o esporte está para o atleta. Todo cristão sabe que precisa exercitar-se para desenvolver as virtudes cardeais (prudência, coragem, justiça e temperança). E mesmo que a Graça produza com largueza as virtudes teologais (fé, esperança e caridade) precisam encontrar o terreno do coração preparado para tal. Portanto, um ponto do projeto de vida pode ser, concretamente, um jejum ou abstinência para evitar certo vício e desenvolver certa virtude. Cada um sabe o que lhe incomoda e/ou o que lhe é mais necessário.

Em seguida, a Palavra de Deus. Várias vezes a leitura da Palavra foi refletida em artigos de nosso blog, vale a pena relê-los. O certo é que um momento diário de contato com a Sagrada Escritura, em oração, é fundamental, visto que o encontro com Jesus Cristo, Palavra eterna do Pai, é o princípio da vida cristã (cf. DCE 1). O contato com a Palavra nos ajuda, inclusive, para que não surja a acomodação ou um sentimento de que tudo está feito. Neste tanto, conheço algumas pessoas que têm o objetivo de ler toda a Bíblia neste ano… Por que não?

Por fim, a caridade. A caridade é o fruto da vida cristã. Dom divino, só a caridade permanece para a vida eterna. Sem a caridade, a vida cristã é seca e infrutífera – diria, até, falsa. Prestar um serviço gratuito aos semelhantes, cultivar o coração aberto ao bem e sempre disposto ao bem é um desafio e tanto. Pode ser que 2012 seja o ano de entregarmo-nos mais pelo bem de nosso próximo…

Que a Santíssima Virgem e S. Paulino de Nola intercedam para que nosso projeto não fique apenas no papel, mas passe para o plano dos fatos.

Grande abraço e até a próxima!

 

 

 

[1] Cf. BENTO XVI. “São Paulino de Nola”. In Os Padres da Igreja. São Paulo: Pensamento, 2010, p. 158-162. Disponível em: <http://www.va/holy_father/benedict_xvi/audiences/2007/documents/hf_ben-xvi_aud_20071212_po.html>.

[2] Cf. BENTO XVI. Carta encíclica Deus caritas est. Disponível em: <http://www.vatican.va/holy_father/benedict_xvi/encyclicals/documents/hf_ben-xvi_enc_20051225_deus-caritas-est_po.html>.

Anúncios